============================================================================================
Dinamarca - Copenhague   -   A Cidade
   ============================================================================================
Dinamarca - Copenhague - A Cidade - Imagens da cidade de Copenhague, é uma colaboração do amigo e colega de radioamadorismo, Henrique Warcman - PY2DVX de São Paulo-SP - Brasil
Copenhague que significa "porto do mercador" é a capital e maior cidade da Dinamarca, com uma população urbana de 551.580 habitantes (2011) e uma população metropolitana de 1.935.746 habitantes (2011). Copenhagen situa-se nas ilhas da Zelândia e Amager.   Pela primeira vez documentada no século XI, Copenhague tornou-se a capital da Dinamarca no início do século XV, e durante o século XVII, sob o reinado de Cristiano IV, tornou-se um importante centro regional. Com a conclusão da transnacional Ponte de Oresund em 2000, Copenhague se tornou o centro da crescente integração da Região Transnacional de Oresund. Dentro desta região, Copenhague e a cidade sueca de Malmö estão em processo de conurbação em uma área metropolitana comum. Com cerca de 2,7 milhões de habitantes num raio de 50 km, Copenhague é uma das áreas mais densamente povoadas no norte da Europa. Copenhague é a cidade mais visitada dos países nórdicos, com 1,3 milhão de turistas internacionais em 2007.  Copenhague é um importante centro regional de cultura, negócios, mídia e ciência. Em 2008, Copenhague ficou na 4ª posição pela revista, de propriedade do Financial Times, fDi Magazine em sua lista de "Top50 Cidades Europeias do Futuro" depois de Londres, Paris e Berlim. No Índice de Centros Mundiais de Comércio de 2008, publicado pela MasterCard, Copenhague foi classificada 14ª posição no mundo e na 1ª na Escandinávia. No Índice de Cidades Globais de 2008, Copenhague foi classificada na 36ª posição no mundo, 15ª na Europa e 2ª na Escandinávia. Ciências da vida, tecnologias de informação e de navegação são importantes sectores de pesquisa e desenvolvimento que desempenham um papel importante na economia da cidade. Sua localização estratégica e excelente infra-estrutura com o maior aeroporto da Escandinávia, situado a 14 minutos de trem do centro da cidade, tornou-a um pólo regional e um local popular para a sedes regionais de empresas, bem como anfitriã de convenções internacionais. Como resultado, Copenhague é classificada na 3ª posição na Europa Ocidental e na 1ª posição entre os países nórdicos para atrair sedes de empresas e ógãos internacionais.  Copenhague tem sido repetidamente reconhecida como uma das cidades com melhor qualidade de vida do planeta e em 2008 foi apontada como a cidade mais habitável do mundo pela revista internacional Monocle no seu "Top 25 de Cidades mais Habitáveis" de 2008. Também é considerada uma das cidades mais ecológicas do mundo, com a água no interior do porto da cidade sendo tão limpa que pode ser usada para a natação, além de 36% de todos os cidadãos da cidade irem de bicicleta ao trabalho todos os dias.  Desde a virada do milênio, Copenhague tem visto um forte desenvolvimento urbano e cultural e tem sido descrita como uma cidade em crescimento. Isto é parcialmente devido a investimentos maciços em equipamentos culturais, bem como infra-estrutura e uma nova onda de sucesso de designers, chefs e arquitetos. Viajantes apontaram Copenhague como a cidade mais limpa da Europa.
Legendas
O documento original contém as legendas em idioma espanhol, introduzidas na própria imagem. Sempre que possível elas serão apostas, abaixo de cada imagem, no idioma português, porém sujeitas a alguns erros de interpretação e tradução devido à pouca familiaridade do editor com o idioma Espanhol.


A atraente cidade de Copenhague está situada na costa Leste da ilha de Zelândia, capital do país e é a maior cidade, tendo seu horizonte formado por edifícios de seis andares, entre os quais se sobressaem as torres das igrejas e um par de hotéis. Os principais centros de interesse histórico e cultural se encontram num espaço reduzido, ainda que o resto da cidade esteja adornada por formosos jardins, fontes, praças e parques. A cidade é acolhedora e por ela circulam principalmente pedestres ao invés de carros.
Dentro do conjunto que forma o Centro Histórico de Copenhague, a Rãdhuspladsen é uma praça inserida no centro da cidade. A rua para pedestres (ou calçadão) Strøget, tem lojas que começam na praça do lado noroeste. É muitas vezes um local de celebração de manifestações e acrobacias. Vários bares e clubes noturnos se encontram nas imediações








À direita do aglomerado, no início dos jardins do Andersens Boulevard, está o monumento a Hans Christian Andersen. No outro lado da avenida, no número 22, se encontra o que em Copenhague se conhece como o Hans Christian Andersen Slot, o castelo do escritor dinamarquês. É um edifício em estilo neorenacentista que ladeia uma das entradas desde o Boulevard ao Parque Tivoli
Na região oriental da praça está o parque de atrações Tivoli, que data de 1843. Como anedota ou piada, é o parque que Michael Jackson queria comprar


O porto de Nyhavn é sem dúvida uma das peculiaridades mais destacáveis de Copenhague. Uma sucessão de casas coloridas antigas recorrem ambos os lados do canal mais famoso da cidade. Atualmente estão ocupadas pela pequena burguesia urbana, cafeterias e pequenos hotéis


Ao norte do canal de Nyhavn, ligado com a praça principal pela rua de pedestres, a mais comprida do mundo (rua Strøget), se encontra o Palácio de Amaileinborg, formado por quatro mansões em estilo rococó idênticas e casa de família real desde 1794
Christiania é um mundo alternativo no meio de Copenhague. Esta é uma comunidade estabelecida em 1971 por um grupo de pessoas de espírito livre (hippies) nos antigos alojamentos de um velho forte militar
Ninguém que viaje à Dinamarca pode deixar de visitar o famoso castelo de Hamlet, o príncipe dinamarquês protagonista da obra mais famosa de William Shakespeare. O castelo Kronborg está situado próximo da cidade de Elsignor. Foi construído sobre as ruinas de uma fortaleza medieval entre 1574 e 1585 como forma de controle sobre o Mar Báltico e os barcos que navegavam devido a sua estratégica entrada em uma das poucas saídas que o continente tem nessas águas




Fionia é a menor das três principais ilhas da Dinamarca. Não obstante, é a mais bonita, especialmente na parte sul, onde apresenta colinas onduladas e um atraente arquipélago. Fora da região industrial do norte de Odense, principal cidade da região e terceira da Dinamarca, Fionia é uma região predominantemente agrícola onde se cultiva a maior parte da fruta e das verduras que se consomem na Dinamarca. As outras cidades importantes de Fionia, com exceção de Odense, são: Middelfart, Faborg, Assens, Munkebo, Nyborg e Sonderborg




Casa onde nasceu Hans Christian Andersen, em Odense
Castelo de Egeskov do seculo 14, está localizado no sul da ilha e é um dos melhores castelos renacentista sobre a água, da Europa
A ilha de Mon é uma pequena ilha que se encontra ao sul de Zelândia, pouco habitada, com bonitas praias e umas escarpas de pedra branca de 128 metros de altura. A natureza foi arrastando jazidas calcáreas formadas pela sedimentação de conchas marinhas do fundo do mar e formou com o passar do tempo estas espetaculares escarpas




Em Billund, a uns 260 quilômetros de Copenhague, se encontra um mundo de fantasias em miniatura: O Parque Temático de Lego
Jutlandia é um grande avançado em direção ao norte rumo à península Escandinávia, e é a única parte da Dinamarca encadeada com o continente europeu, e portanto às vezes conhecida como a Dinamarca continental




Castelo de Frederiksborg está em Hillerød. Foi construído como residência real para o rei Christian IV, e agora é do Museu Nacional de História. O Palácio está situado sobre três pequenas ilhas no meio Slotsm, e está limitado por um grande jardim no estilo barroco
Dinamarca - Copenhague   -   A Cidade