Notícias Locais/Regionais:
    Diário Popular - Pelotas, RS 
    Correio do Povo - P. Alegre, RS 
    Zero Hora - Porto Alegre, RS
 
    Jornal Agora - Rio Grande, RS 

clicRBS

Últimas notícias

Carregando...

  Clima:   
   Pelotas - RS 
   Toda Região Sul 
   Geral - escolher região 
   Região sujeita a Raios/Trovoadas 
 WebCams no Brasil:   
  Rio de Janeiro-RJ Copacabana 
  R. de Janeiro-Copacabana Palace hotel 
  Natal-RN Ponta Negra beach 
  R. Janeiro Copacabana Beach Posto6 
  Santos-SP Itapecirica 
  Guarujá-SP - 16 Câmeras Robóticas 
 Câmeras pelo mundo:   
  Câmeras no mundo - Seleção e pesquisa 
Click to get your own widget
Osmar do Prado e Silva

...

Veja imagens de Satélite em Tempo Real   
Clique na imagem


M o e d a   B r a s i l e i r a   -   M o e d a s

Durante todo o Período Colonia, foi a moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e, cobre, que chegaram com o início da colonização portuguesa.   Assim, tudo se contava em réis - plural popular de real.   O dinheiro vinha de Portugal, mas sua origem verdadeira era a Espanha, muito mais rica em reservas metálicas devido à maior abundância de ouro e prata em seu império.   Houve até uma época - durante a dominação de Portugal pela Espanha, de 1580 a 1640 - em que a moeda utilizada na Colônia brasileira era o real hispano-americano, cunhado na Bolívia.
As primeiras moedas cunhadas no Brasil foram os florins, fabricados em ouro pelos holandeses, quando ocuparam o Nordeste brasileiro (1630 - 1654).
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822) e no Brasil Império (1822-1889)
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 10 réis de 1735, verso e anverso, de cobre

Em Portugal esta moeda de cobre de 10 réis, de D. João II foi denominada Patacão
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 20 réis de 1819, de bronze ou cobre - anverso


O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 20 réis de 1821, verso e anverso, de cobre

O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

As moedas de pequeno valor, cunhadas em bronze ou cobre, e eram denominadas "Vintém".

Vintém de 20 réis de 1829, verso e anverso, de cobre

O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

As moedas de pequeno valor, cunhadas em bronze ou cobre, e eram denominadas "Vintém".

O primeiro é um vintém de 20 réis de 1847.

O segundo é o anverso de um vintém também de 20 réis, de bronze, de 1900
O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 40 réis de 1865, verso e anverso, de cobre
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Outro vintém de 40 réis de 1760, verso e anverso, de cobre
O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 100 réis de 1844, anverso e verso, de cobre
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

"Patacão"   -   (3 Patacas)

Patacão eram as moedas de 960 Réis que eram cunhadas sob outras moedas, principalmente sob as de 8 reales das colônias espanholas na América.

1 - Vintém de 960 réis de prata, de 1810 - anverso
2 - Vintém de 960 réis de prata, de 1815 - anverso
O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 960 réis de prata, de 1825 - verso e anverso

Esta moeda era denominada "Patacão" e, no Brasil, era uma moeda de prata de 960 réis (equivalente a 3 patacas), pesando 27,07 gramas com pureza de 896 a 903 partes por mil, cunhada de 1810 a 1834
Em Portugal foi uma moeda de cobre de 10 réis, de D. João II.
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 320 réis de bronze, de 1801 - anverso

Esta moeda era denominada "Pataca" e, no Brasil, era uma moeda de bronze de 320 réis, valendo 1 pataca, equivalente a 1/3 de patacão, que valia 960 réis
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 640 réis de bronze, de 1695 - anverso.

Esta moeda era denominada "Pataca" e, no Brasil, era uma moeda de bronze de 640 réis, valendo 2 patacas, equivalente a 2/3 de patacão, que valia 960 réis
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 640 réis de bronze, de 1695 - anverso e verso.
Esta moeda era denominada "Pataca" e, no Brasil, era uma moeda de bronze de 640 réis, valendo 2 patacas, equivalente a 2/3 de patacão, que valia 960 réis

O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 100 réis de bronze, de 1870 - anverso e verso

O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 200 réis de bronze, de 1860 - anverso e verso

O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 200 réis de bronze, de 1889 - anverso


O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 500 réis de bronze, de 1889 - anverso


O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Vintém de 1000 réis de bronze, de 1855 - anverso


O dinheiro no Brasil Império (1822-1889)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Moeda de 6.400 réis, verso e anverso, valendo 20 patacas. Foi cunhada em 1822 para comemorar a coroação de Dom Pedro I como Imperador do Brasil, e ficou conhecida como "Peça da Coroação"
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Moeda de ouro de 4.000 réis de 1725 - verso e anverso

O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Moeda de ouro de 10.000 réis de 1725 - verso e anverso

O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Moeda de ouro de 20.000 réis de 1725 - anverso e verso

O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Moeda de ouro de 20.000 réis de 1726 - anverso e verso

O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

Outra versão da moeda de ouro de 20.000 réis de 1726 - anverso e verso
O dinheiro no Brasil Colônia (1500-1822)

Moeda portuguesa, o real, de ouro, prata e cobre.

1 - Esquerda: Moeda de ouro de 10.000 réis de 1725 com       o verso em outra versão

2 - Direita: Moeda de prata de 5.000 réis, de - data               ilegível
O dinheiro na República Velha (1889-1937)
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 500 réis, de 1922, verso e anverso. Foi cunhada em 1922, em comemoração ao centenário da independência
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 1000 réis, de 1922, verso e anverso. Foi cunhada em 1922, em comemoração ao centenário da independência
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 2000 réis, de 1922, verso e anverso. Foi cunhada em 1922, em comemoração ao centenário da independência
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 2000 réis, de 1922, anverso. Foi cunhada 1922, em comemoração ao centenário da independência

O dinheiro na República Velha (1889-1937)




Moeda de 100 réis, de 1932, anverso e verso. Foi cunhada 1932, em comemoração ao centenário da independência da colonização

O dinheiro na República Velha (1889-1937)


1 - Moeda de 100 réis, de 1920, de prata      2 - Moeda de 100 réis, de 1921, de prata      3 -  Moeda de 100 réis, de 1927, de prata
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



Moeda de 200 réis, de 1929, de prata - anverso e verso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



 1 - Moeda de 200 réis de bronze, de 1932 - anverso
2 - Moeda de 200 réis de niquel, de 1935 - anverso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



Moeda de 300 réis, de 1934, de níquel - anverso e verso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



Moeda de 400 réis de niquel, de 1921 - anverso e verso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



1 - Moeda de 400 réis de prata, de 1925 - anverso
  2 - Moeda de 400 réis de niquel, de 1929 - anverso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



Moedas de 400 réis de niquel, anverso, de 1925 a 1931
O dinheiro na República Velha (1889-1937)



Moeda de 500 réis de bronze, anverso, de 1928
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 1000 réis de 1927, de bronze - anverso e verso
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


1 - Moeda de 1000 réis de 1927, de bronze   2 - Moeda de 1000 réis de 1932, de bronze   3 - Moeda de 1000 réis de 1935, de bronze
O dinheiro na República Velha (1889-1937)


1 - Moeda de 2000 réis de 1924, de níquel - anverso
2 - Moeda de 2000 réis de 1926, de níquel - anverso

O dinheiro na República Velha (1889-1937)


Moeda de 2000 réis de 1935, de níquel - anverso e verso

O dinheiro no Estado Novo (1937-1945)
O dinheiro no Estado Novo (1937-1945)

1 - Moeda de 200 réis de 1938, de niquel
2 - Moeda de 300 réis de 1938, de níquel
O dinheiro no Estado Novo (1937-1945)

1 - Moeda de 400 réis de 1942, níquel
  2 - Moeda de 2000 réis de 1938, níquel
Outras moedas com datas que separam mais de uma época
O dinheiro no Estado Novo (1937-1945)

1 - Moeda de 50 centavos de 1943, níquel - anverso e verso


No ano de 1942, o cruzeiro é estabelecido como padrão monetário nacional, substituindo o real (o real imperial).   A nova unidade correspondia a 1 mil-réis
O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)
O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)

Moeda de 1 cruzeiro de 1947, níquel - anverso e verso

No ano de 1942, o cruzeiro é estabelecido como padrão monetário nacional, substituindo o real (o real imperial).   A nova unidade correspondia a 1 mil-réis
O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)


Moeda de 50 cruzeiros de 1965, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso


O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)


Moeda de 50 centavos de 1967, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso


O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)


Moeda de 1 cruzeiro de 1970, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Quarta República e na Ditadura Militar (1945-1983)


Moeda de 300 cruzeiros de 1972, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 cruzeiros de 1983, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)

Moeda de 0,01 cruzado de 1986 (1 centavo), níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

Em 28 de fevereiro de 1986 o governo Sarney, através do Decreto 2.283, cria o Plano Cruzado, criando a nova moeda, o Cruzado, com a sigla Cz$ e o valor de 1,00 Cz$ = Cr$ 1.000,00 - vigiu até 15/01/1989
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 0,05 cruzados de 1988 (5 centavos), níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 0,10 cruzados de 1986 (10 centavos), níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1,00 cruzado de 1988, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 10,00 cruzados de 1987, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 10,00 cruzados de 1988, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 200,00 cruzados de 1989, níquel ou aço inoxidável - anverso e verso


Em 15 de janeiro de 1989, o Plano Verão criou o Cruzado Novo, criando a nova moeda, o Cruzado Novo, com a sigla NCz$ e o valor de 1,00 NCz$ = Cz$ 1.000,00 - vigiu até 15/03/1990
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)

Moeda de 5 cruzeiros de 1992 e 10 cruzeiros de 1993, níquel ou aço inoxídável - anverso e verso

Em 16 de março de 1990, o Presidente Collor bloqueia as aplicações financeiras e a moeda volta a ser o Cruzeiro, com a antiga sigla Cr$ sem conversão, tendo o valor de 1,00 Cr$ = NCz$ 1,00 - vigiu até 31/07/1993
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 20 cruzeiros de 1993 e 50 cruzeiros de 1994, níquel ou aço inoxídável - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 50 cruzeiros de 1990, níquel - anverso e verso

O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)

Moeda de 5000 cruzeiros de 1992, níquel - anverso e verso

Cunhada em 1992, em homenagem ao duo-centenário da morte de Tiradentes (1792-1992)
Em 01 de agosto de 1993 a moeda perde 3 zeros novamente e vira CRUZEIRO REAL, adotando a sigla CR$ e vigiu até 30/06/1994
Em 07/07/1994 o presidente Itamar Franco cria a nova moeda, o REAL, com a sigla R$ valendo 1,00 R$ = 2.750 CR$, que estaá vigindo até esta data (31/03/2013)
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1 centavo de 1998, cobre, bronze ou, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 centavos de 1998, cobre, bronze ou, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 10 centavos de 1998, cobre, bronze ou, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 25 centavos de 1998, cobre, bronze ou, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 50 centavos de 1998, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1 real de 1994, níquel - anverso e verso


Último ano de cunhagem desta moeda com esta "coroa", que será substituida na próxima cunhagem.
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1 real de 1998, níquel - anverso e verso


O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1 real de 2005, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2005 em comemoração aos 40 anos da fundação do Banco Central do Brasil (1965-2005)
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 1 real de 2012, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2012 em comemoração à Entrega da Bandeira Olímpica - Londes 2012 - Rio 2016
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 reais de 2012, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2012 em comemoração à Entrega da Bandeira Olímpica - Londes 2012 - Rio 2016
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 reais de 2012, níquel - anverso e verso


Cunhada em 2012 em comemoração ao Ano Internacional das Cooperativas
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 reais de 2012, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2012 em comemoração à declaração do estado de Goias pelo Patrimonio Da Humanidade
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 reais de 2012, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2012 em comemoração à declaração da cidade de Ouro Preto pelo Patrimonio Da Humanidade
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 5 reais de 2000, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2000 em comemoração aos 500 anos da descoberta do Brasil(1500-2000)
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 20 reais de 2002, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2002 em comemoração ao centenário de Carlos Drumond de Andrade (1902-2002)
O dinheiro na Nova República (a partir de 1983)


Moeda de 20 reais de 2003, níquel - verso e anverso


Cunhada em 2002 em comemoração ao centenário de Ary Barroso (1903-2003)

Pu3yka - Brasil - Moeda Brasileira - Moedas